003.jpg
http://gruposegeti.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/947435Fiscontal.jpglink
http://gruposegeti.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/467488837198002.jpglink
http://gruposegeti.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/146270Segeti_Silva.jpglink
http://gruposegeti.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/990153Sem_t__tulo_1.jpglink
http://gruposegeti.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/900985ARQFISCO.jpglink
Fiscontal The accounting as a source of resistance to the economic crisis SS Tap Arq Fisco


Como aplicar e aprender com o feedback corretamente? PDF Imprimir E-mail
Terça, 31 de Março de 2015 06:00

A maioria dos líderes tem investido seu tempo na busca de estratégias que lhes assegurem melhorar os resultados, de suas equipes, e por consequências de suas organizações. Porém este objetivo parece não ser muito fácil, haja vista a grande dificuldade de se formar boas equipes e inclusive, encontrar pessoas dispostas a aceitar os desafios que a liderança impõem.

 Dentre estes, certamente aprimorar as competências e habilidades dos liderados é o que mais traz resultados consistentes para a equipe e a organização.

Pois um colaborador hábil e competente, geralmente se torna um profissional mais seguro, autoconfiante e feliz. Mas como desenvolver liderados em um mercado cada vez mais competitivo, onde o tempo parece não ser mais o suficiente para fazer nem o básico, que dirá treinar as pessoas?

Uma das técnicas mais utilizadas nas corporações e que mais resultados positivos tem gerado é o feedback.

Apesar de haver muita literatura a respeito, ainda se percebe confusão sobre como aplicar e o porquê de as vezes não surtir o resultado esperado. Em primeiro lugar é preciso deixar claro que para o funcionamento de qualquer processo de melhoria, três premissas são básicas: saber o que é, saber como fazer e verdadeiramente querer fazer. Sendo este último, o fator que definirá o quanto de sucesso terá a implementação.

O feedback é uma ferramenta que atua sobre resultados e comportamentos passados, analisando o que foi positivo, o que deve ser aprimorado e como isto pode ser feito. Uma das melhores maneiras de aprender a fornecer feedback para os outros, é você iniciar aplicando o processo em você, pois ao mesmo tempo que você melhora sua performance como líder e ser humano, você desenvolve a habilidade de fornecer um feedback com muita qualidade, garantindo assim o desenvolvimento das pessoas que você entende serem importantes nas suas relações pessoais e profissionais.

Quando você decidir mudar um comportamento, relacionamento ou apenas melhorar uma habilidade, procure as pessoas que você acredita que por envolvimento ou conhecimento possam te ajudar, e siga os seguintes passos:

Primeiro: o universo opera baseado em perguntas. A qualidade das perguntas definem o grau de desenvolvimento e evolução.Perguntas abertas do tipo, como eu posso melhorar? (como pai, líder, colaborador, amigo, mãe) Como eu posso agir diferente? (no trabalho, em casa) Quais resultados eu devo buscar? Como você pode me ajudar neste processo? Quais as habilidades você entende que devo desenvolver? Como você vai perceber minha mudança? Ou seja, use sua criatividade para buscar sugestões de pessoas que você julga terem condições de te ajudar a ser melhor.

Segundo: escutar, pouco vai ajudar no processo de melhoria se você não estiver realmente disposto a escutar ativamente, e isto significa dar atenção, focar no outro. Escutar é um processo ativo e não passivo, portanto requer esforço cognitivo e ação concentrada (escutar como se estivesse em um processo investigatório onde cada detalhe é importante), sendo este fundamental para que você consiga ser quem você quer ser. Escutar ativamente não é um processo fácil, porém com treinamento e dedicação, pode ser alcançado. E isto fará de você uma pessoa melhor informada, mais agradável e com mais poder.

Terceiro: agradeça se a pessoa que você escolheu para pedir ajuda no seu processo de aperfeiçoamento, dedicou seu tempo para lhe dar suas melhores sugestões, o mínimo que você deve fazer é lhe agradecer. Poucas ações nesta vida geram tanta satisfação e resultados como a gratidão.

Quarto: Pense, pensar a respeito das sugestões, avaliar suas ações, mudanças e os resultados que pretende atingir, fazem parte do processo de compreensão da importância que suas atitudes tem na conquista do seu sucesso.

Quinto: responda positivamente a partir do momento que você perguntou, escutou, agradeceu e pensou, é hora de responder com atitudes de mudança, pondo em prática as melhores sugestões. Pois são as ações, e somente elas, que farão a diferença na sua vida e na vida das pessoas com quem você se relaciona.

Uma vez tendo desenvolvido o hábito de buscar feedback, ficará mais fácil para você compreender o poder que este processo tem nas mudanças. Desta maneira, você poderá aplicá-lo com muita eficiência e eficácia, conseguindo assim ser um verdadeiro líder desenvolvedor de pessoas. Faça acontecer seja Feliz.

FONTE: Kohlrausch

 

 
   

Grupo Segeti - R. Doutor Olavo Egídio, 812 - Santana - São Paulo / SP - Telefone: (11) 2971-5500 | Design e Otimização por Barutti.com.br