arte - curta nossa pgina.jpg
http://gruposegeti.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/947435Fiscontal.jpglink
http://gruposegeti.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/467488837198002.jpglink
http://gruposegeti.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/146270Segeti_Silva.jpglink
http://gruposegeti.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/990153Sem_t__tulo_1.jpglink
http://gruposegeti.com.br/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/900985ARQFISCO.jpglink
Fiscontal The accounting as a source of resistance to the economic crisis SS Tap Arq Fisco


APRENDA COMO VALORIZAR A MARCA PESSOAL PDF Imprimir E-mail
Quinta, 14 de Janeiro de 2016 06:00

APRENDA COMO VALORIZAR A MARCA PESSOAL

ESPECIALISTA EM PERSONAL BRANDING DESTACA OS PONTOS QUE DEVEM SER TRABALHADOS PARA ALCANÇAR DESTAQUE NA CARREIRA

 

Empresas contratam agências de publicidade e criam estratégias para cuidar da imagem, no entanto, com os empresários e líderes nem sempre esse processo é tão diferente, já que eles representam também a própria marca. Nesse ponto, quem precisa fortalecer ou reestruturar a imagem pode contar com coaches especialistas em personal branding (marca pessoal).

Segundo a doutora em psicologia Marie-Josette Brauer, que utiliza a Programação Neurolinguística (PNL) como principal ferramenta, “a ideia é cuidar muito bem da marca pessoal, pois é aquilo que vai fazer a diferença no momento que a pessoa precisar ser reconhecida e diferenciada”, explica.

No mundo empresarial os bons profissionais se destacam por terem uma imagem motivadora. A personal branding indica que o líder “é alguém que consegue motivar e fazer as pessoas realizarem as coisas”. De acordo com ela, para a pessoa fazer com que os outros vistam a camisa da empresa é preciso ter características de branding. “A imagem da pessoa deve ser uma imagem boa para as outras”, completa.

E o processo de autoconhecimento é fundamental para alcançar esse objetivo. A partir de uma avaliação pessoal, com acompanhamento do coach, é possível trabalhar a carreira do empresário por meio de suas marcas pessoais. “É preciso se conhecer, saber quais são os seus limites, saber o que se consegue e o que não se consegue com os seus valores. Não dá para inventar uma imagem, você deve partir daquilo que a pessoa já tem de valores”, diz.

Com essa definição, a psicóloga ressalta quatro questionamentos que ajudam a localizar os elementos fundamentais no processo de fortalecimento da Marca Pessoal.

1.Qual é a imagem que eu quero ter?

2.Qual é a imagem que eu preciso ter?

3.Qual é a imagem que eu quero passar?

4.Qual é a imagem que eu preciso passar?

 

INOVAÇÃO

Outro ponto que a psicóloga acredita que a marca pessoal deve ser presente é nos momentos de inovação. Na opinião de Marie-Josette, o mercado e as pessoas adoram inovações, mas, na prática, são contrárias às mudanças. Isso porque “inovação dá trabalho”. De acordo com ela, as equipes de inovação são boicotadas, pois os processos de modificação são extremamente abrangentes e atingem muitos departamentos e protocolos da empresa. Dessa forma, tanto em- presários quanto profissionais devem fazer valer a marca pessoal e a própria maneira de ser.

“Você precisa pensar que o projeto pode não ter sido aceito ou dado certo agora, mas o que é preciso ser feito para isso ser aceito da próxima vez?”, questiona a personal branding.

?

SEGREDO DO SUCESSO

Marie-Josette Brauer revela que o segredo é saber o que impede a pessoa de realizar os planos traçados e descobrir o porquê os projetos não foram realizados ainda. “As pessoas têm uma imagem, mas muitas vezes não sabem que têm. Por isso é preciso tomar conta dessa imagem para não fazer bobagem”, ensina. Para ela, atingir o potencial máximo em cada objetivo da carreira depende de como cada um lida com o que já possui na mente. “É extremamente importante reestruturar os pontos importantes daquela pessoa com suas crenças, seus valores, inclusive suas limitações, assim a pessoa passa a se conhecer e saber do que pode ser capaz, do que pode ultrapassar, enfim, que ela pode ir muito além”, conclui a coach.

 

Fonte: Revista Sescon 291

Autor: Murilo Thomaz?

 

 
   

Grupo Segeti - R. Doutor Olavo Egídio, 812 - Santana - São Paulo / SP - Telefone: (11) 2971-5500 | Design e Otimização por Barutti.com.br